TRANSLATE JORPS TO YOUR LANGUAGE

segunda-feira, 6 de julho de 2009

SONS DO BRASIL – CONHEÇA A BANDA THE HONKERS




A banda The Honkers é de Salvador (BA) e surgiu no ano de 1998, na época com o nome The Mant’s. Atualmente a banda tem na sua formação Rodrigo Chagas no vocal, Felipe Brust na guitarra base e vocal, T612 no baixo, Bruno Pizza na guitarra solo e Léo Marinho na bateria.

- Eu fui o cara que chamou os amigos para fazer esse barulho, o principal culpado pelas nossas vidas estarem atrasadas pelo rock. Em 1998 eu, mais T612, Brust e Pj ensaiamos para tocar no aniversário de Brust. Então na verdade a gente já tinha tudo acertado meses antes, mas só começamos a tomar vergonha na cara para tocar nesse aniversário. Ainda bem que todos estavam bêbados e ninguém se lembra do desastre que deve ter sido, mas eu me diverti muito, todos nós na verdade. Já passaram onze anos, o tempo passa rápido demais, eu ainda era um adolescente com 19 anos na época. – Lembra Rodrigo Chagas.
O NOME
O vocalista explica que a banda começou com o nome The Mant’s, mas como já havia uma banda com nome parecido eles resolveram mudar para The Honkers em 2000. O nome foi inspirado no desenho Doug Funny, que Rodrigo assistia na sua adolescência.

- O nome Honkers eu tirei de um desenho animado que assistia quando adolescente, chamado Doug Funny. No desenho, Doug e seus amigos sempre iam lanchar no HONKER BURGUER, mas eu achava que era HONK BURGUER (eu e meu ouvido surdo por causa do rock - hehehe). Quando fui olhar no dicionário essa palavra que eu não conhecia, vi quer era tipo buzinar, grasnar, fazer barulho, roncar como o motor de um carro, na hora pensei "porra, tocamos alto pra caralho, os cinco num quarto, somos uns fazedores de barulho, uns barulhadores, uns roncadores....", daí o nome ficou, na verdade ele já existia desde os The mant´s, mas estava guardado na manga, para qualquer merda que desse. – diz o vocalista.
INFLUÊNCIAS MUSICAIS
Rodrigo diz que falar sobre as influências musicais da banda é algo complicado, pois cada integrante ouve coisas diferentes e por isso prefere não citar nomes, porque segundo ele seriam muitos nomes.

- Praticamente fazemos um apanhado da história do rock, sem parecer mistureba. Sem dúvida alguma as nossas maiores influências vêm do rock de 1950, do rock de garagem de 1960 e do punk de 1970, tanto o feito nos EUA, quanto o da Inglaterra, mas gostamos muito de ska e power pop também. – Explica Rodrigo.
ESTILO
Falando sobre o estilo musical da banda, Rodrigo diz que eles brincam dizendo que o som que fazem é o Honker Bop, que segundo ele seria um balanço barulhento, mas sem perder a melodia.

- Às vezes soa dançante, raivoso, enérgico, melancólico, romântico, e por aí vai. Costumamos dizer que cada música é uma história (ritmo) diferente, mas existe alguma coisa que une essas, digamos, diferenças. – Ressalta o vocalista.
PROCESSO DE CRIAÇÃO
De acordo com Rodrigo, na banda as músicas surgem de varias coisas, podendo ser de uma melodia, uma letra, ou de um instrumental, uma brincadeira e também de sensações. Ele ressalta que independentemente de como a música surja, sempre é feita por todos da banda.

- Muitas vezes eu chego com uma letra e os caras me trazem uma melodia e juntos fazemos. Outras vezes os caras tocam o instrumental e eu solfejo uma melodia vocal ou eles vêm com a melodia vocal e instrumental, e eu vou ouvindo os solfejos deles e vou sentindo e pensando em alguma letra que eu tenho guardada. Sempre fazemos tudo em conjunto, para ver se a letra casou na métrica, se está tudo encaixando legal (ou não, desencaixar também é bom). O processo pode vir de um indivíduo, mas sempre passa pelo consenso de todos. – Conta Rodrigo.
INSPIRAÇÃO
O vocalista fala que a inspiração para a criação das músicas vem de variados temas; das ruas, deles mesmos, do caos que segundo ele está do lado de fora e do lado interno de cada pessoa, pode surgir após ele ouvir uma letra de outra música ou uma frase de um filme ou um livro que leu e ter uma idéia e até mesmo de um sonho.

- Não sei muito como os outros caras fazem as músicas deles, mas muitas vezes é assim também, você ouve um riff bacana e o desconstrói, ou faz um parecido e cria algo novo a partir dele. A letra pode falar tanto de uma desilusão amorosa, como da nossa incompatibilidade de entender algumas coisas nesse mundo, de como somos estranhos a ele e nele também. O importante é que o tema seja sincero, eu não posso cantar sobre o que é passar fome, porque nunca passei, acho que num soaria sincero se eu fizesse isso, apesar de que eu possa ter uma idéia de como seja. Mas acredito que não soaria tão sincero, quanto às letras que fiz a partir de experiências vividas pela minha pessoa ou de alguém da banda. Engraçado é que não toco nada, mas já sonhei com uma música pronta, letra e melodia, acordei, cantarolei para os caras e fizemos. Tudo tava no sonho, a letra, a linha vocal, a guitarra, a batida, a linha de baixo, é impressionante como um cara que não sabe tocar sonha com tudo isso. – Afirma Rodrigo Chagas.
CDs
Em 2003 a banda gravou o EP Between The Devil & The Deep Blue Sea, com cinco faixas autorais e um cover da banda paulista Cokeluxe. Ainda neste ano, gravaram outro EP com covers de músicas de bandas que eles gostam. Em 2006 lançaram um CD-demo com sete faixas mais cinco musicas do primeiro EP de bônus. Em breve novas musicas serão disponibilizadas on line.
CONTATOS Telefone: (71) 8772 1151

- Se vocês ainda têm a coragem de querer ouvir, assistir, a banda The Honkers, depois das besteiras que eu falei, fiquem atentos nos links e saibam por onde esse bando de malucos irá tocar, e fiquem no mínimo a 200 km de distância da banda (hehehehe).
Se quiserem MESMO ouvir a banda, se forem teimosos o suficiente, baixe o nosso CD demo. Se gostou, pode comprar conosco, é CD prensado, num é
CD-R, tem um encarte foda com todas as letras de nossas músicas que estão gravada no CD. Aqui em Salvador está 10 pilas e para fora custa apenas 15 merrecas com o correio incluso. Baratinho não é? – Rodrigo Chagas, vocalista da banda The Honkers.

2 comentários:

Rodrigo Sputter disse...

Opa, ficou legal man...

Deu uma acertada nas maluquices que eu falei...

Baixa a banda aí meu povo...e cantarolem os Honkers no mundo afora!!

Phantom Lady disse...

Hun, ainda bem que eu já baixei tudo que eu vi dos Honkers ^^

Tô só esperando que venham tocar no Recife!!!

Postagens populares