TRANSLATE JORPS TO YOUR LANGUAGE

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

11 de setembro - Texto opinativo

A IMAGEM A CIMA, REMETE A ALGO QUE FICOU FAMOSO NA INTERNET, DIGITE Q33NY COM A FONTE WINGDINGS E VERÁ.


Há oito anos, eu estava em casa matando aula e assistindo TV com um amigo. Quando menos esperávamos, o que assistíamos foi interrompido por um plantão jornalístico. Quando ouvíamos aquela vinheta já sabíamos que algum grande evento teria ocorrido e para nossa felicidade surpresa as imagens mostravam que uma das torres do World Trade Center havia sido atingida por um avião que de inicio foi tido como um acidente.



Já estávamos nos acostumando com a idéia quando mais um avião acertou a outra torre do WTC “ao vivo” e um pouco depois um terceiro avião caiu no Pentágono. As torres “gêmeas”, como eram chamados os prédios do World Trade Center, após um tempo não aguentaram e cederam uma após a outra, algo que me lembrou muito uma implosão controlada e programada.



Nesse momento as agencias de noticias de todo o mundo já davam informações de que não se tratava de acidentes, e sim de terrorismo. Eu achei interessante ver o país que se auto intitula a “policia” do mundo, sem saber o que fazer, paralisado de medo. Não que eu concorde com a morte de pessoas inocentes, pois eu não concordo, mas de se levar em conta que os norte americanos também não respeitam inocentes, a diferença é que eles se dizem pacificadores, mas tanto no passado como na atualidade eles foram e são culpados de atrocidades onde muitos inocentes morreram, talvez até mais do que os que morreram no World Trade Center.



Se somarmos as vitimas inocentes das bombas atômicas lançadas em Hiroshima e Nagasaki, do Vietnã e do Iraque, tenho certeza que chegaremos a um numero absurdo. Sem contar também prisões como a de Guantánamo, onde presos são torturados e não tem nenhum direito. O que eu estou tentando dizer, se ainda não ficou claro, é que o ódio que fez com os norte americanos fossem atacados foi provocado por eles mesmos, com sua intolerância e mania de querer controlar tudo.



Para mim, 11 de setembro de 2001 ficará marcado na historia como o dia em que os E.U.A. perceberam que não são invulneráveis como eles pensavam ser, mas será que eles aprenderam a lição? Será que após esse incidente eles começaram a ser mais tolerantes e passaram a respeitar os outros países e culturas? Eu penso que não...

2 comentários:

Sabrina Thamago disse...

muito bom texto!!!!

Diestrich disse...

Um grande império não muda sua forma de agir em relação a outros após uma "guerra", apenas seu preconceito interno em relação a outros que aumenta e é papel de todo "rei" achar algo para por a culpa e nunca falar que quem jogou a primeira pedra foram eles.

Postagens populares