TRANSLATE JORPS TO YOUR LANGUAGE

segunda-feira, 25 de junho de 2012

SONS DO BRASIL - CONHEÇA A BANDA URUCUM NA CARA




Formada em belo Horizonte (MG) no ano 2000, a banda Urucum na cara passou por várias modificações de integrantes ao longo dos seus 12 anos de historia. Atualmente o grupo é formado por Irene Bertachini (voz, flauta e escaleta), Leandro César (violão e viola), Paulo Fróis (percussão e bateria), Christiano de Souza (percussão) e Thiago Ribeiro (contra baixo acústico e elétrico).


- Ao longo dos 12 anos de grupo houve várias formações. Somos uma metamorfose ambulante, digamos que houve ao longo de todo esse tempo quatro grandes mudanças. Agora tem mais ou menos seis meses que temos um novo baixista e um novo percussionista. -Diz Irene Bertachini.

O INICIO
De acordo com Irene Bertachini, tudo começou na Escola Técnica CEFET-MG, em um contexto de manifestação política somada a uma influencia artística. Ela ressalta que o ao longo dos anos, o grupo solidificou sua identidade, com uma linguagem brasileira e original.

- O grupo atual dialoga com as questões e contexto social que ocorrem na cidade e principalmente com a música que vem sendo produzida em Belo Horizonte (MG). Os integrantes da atual formação se conheceram em diferentes contextos, mas como o nicho musical é um meio relativamente pequeno  e todo mundo se conhece, a maioria do grupo se encontrava tocando em festivais comuns, escolas de música e pela afinidade do som. - Conta Irene.

O NOME
Perguntada sobre a origem do nome, Irene explica que a escolha foi feita para homenagear  as tradições brasileiras. O urucum, que faz parte da cultura indígena brasileira, pode ser usado tanto na culinária como nas pinturas de guerra ou de ritos festivos e por isso foi escolhido pela banda, para simbolizar toda essa tradição dos índios brasileiros e consequentemente do Brasil.

- Tradicionalmente, o urucum é utilizado na culinária indígena brasileira para dar cor e sabor aos alimentos. Seu pigmento também serve de base para elaboração das tintas usadas pelos índios para pintar a cara e o corpo em rituais festivos ou guerreiros. Com tonalidade vermelha alaranjada, o urucum possui forte vibração visual que se assemelha ao sol nascente. É por esse motivo que temos esse nome, as composições do grupo caracterizam-se pela alegria dançante de um ritual festivo indígena, mas trazem elementos de guerra e resistência em favor da preservação da identidade e originalidade da cultura brasileira, que se traduz também pelas tradições afro-descendentes. - Explica Irene Bertachini.

PRINCIPAIS INFLUÊNCIAS
Falando sobre as referencias da banda, Irene cita a Música Popular Brasileira, Milton Nascimento, Sergio Santos, Sergio Pererê, Gilberto Gil como sendo as principais influencias musicais do grupo. Ela diz que se fosse para definir o som que fazem definiria como uma MPB mineira tendo elementos regionais.

- É muito difícil definir o nosso som através das classificações já existentes. Mas acredito que nossa música é MPB mineira com uma pegada regional. Acredito que pela característica do som, as composições e a linguagem de recriar em cima da influência da manifestações populares em especial para os ritmos afro brasileiros. - Ressalta Irene.

PROCESSO DE CRIAÇÃO
Todos os componentes da banda são muito amigos, e por esse motivo, o processo de criação das musicas é totalmente coletivo. Quando um dos integrantes tem uma nova idéia, ele mostra para os demais e assim eles vão criando. Porem, algumas vezes um deles cega com a musica semi pronta, e então os demais dão algumas idéias e assim eles finalizam o processo.

- As vezes opinamos nas letras ou em uma parte de uma musica de algum integrante que já chega quase pronta. Assim vamos criando de uma forma bem intima e por vezes nos identificando na canção do outro. A inspiração das letras e melodias são variadas, atualmente vivemos uma efervescência na cena musical de BH e isso nos influencia muito, pois temos amigos e parceiros que estão produzindo música de qualidade. Isso tudo é ferramenta para nossa criação, além disso a riqueza rítmica e a beleza das manifestações populares brasileira nos inspira muito. Nosso álbum é dedicado a isso, as canções permeiam essa musicalidade local contam historias dos locais, das guardas de congado da cidades. - Afirma Irene Bertachini.

TRABALHOS GRAVADOS
A banda Urucum na cara lançou recentemente seu primeiro CD intitulado “à beira do dia”, com canções do show que leva o mesmo nome. A gravação do álbum contou com a participação de  Titane, Sérgio Pererê, Adriano Goyatá, Gustavo Amaral, Ismar Quadros, Rodrigo Lana, Rubens Aredes, Luiz Gabriel Lopes, Flora Lopes, Alexandre Andrés e  Cimara Fróis.

CONTATOS
Telefones: (31) 3486-1639 / (31) 9677-0696
Site oficial: www.urucumnacara.com
Facebook: http://www.facebook.com/urucumnacara 

Nenhum comentário:

Postagens populares