TRANSLATE JORPS TO YOUR LANGUAGE

quinta-feira, 19 de julho de 2012

JORPS ESPORTES - 10ª EDIÇÃO


NESTA EDIÇÃO, EXCEPCIONALMENTE TEMOS UMA PARTICIPAÇÃO ESPECIAL. EURICO ESTA VIAJANDO E POR ISSO QUEM ESCREVE O TEXTO SOBRE O ATLÉTICO (MG) É ROBSON GERALDO, GRANDE AMIGO QUE RESIDE ATUALMENTE EM BH. SEGUEM ABAIXO OS RESPECTIVOS TEXTOS DE CRUZEIRO E ATLETICO (MG) APÓS A 10ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE 2012.


UMA VITORIA PARA DAR MORAL - Por Robson Geraldo Campos

"Bem amigos da re..." errrrrrr.. não melhor não.. Fala massa do #Galo, agora sim, tudo na paz? Hoje quem escreve sou eu Robson Campos, estou substituindo o amigo Eurico que está viajando e a pedidos do Possilga cá estou eu. Bom vamos falar de coisa boa, o #Galo ontem entrou como líder e manteve a liderança. O jogo começou meio morno com os dois times se estudando bastante, mas logo o time alvinegro se achou em campo e tomou as rédeas da partida. Sem um centroavante de referencia na área, já que Jô estava suspenso, sobrou para Guilherme, que a muito estava devendo uma boa partida, a missão de ser o homem gol do #Galo.

O Inter buscava o ataque sempre passando pelo meia argentino Dalessandro e foi justamente o argentino que protagonizou o lance que deu rumo à partida. Em um lance bobo no meio de campo fez falta dura, sem necessidade, tomou o amarelo e em um ataque de chiuhauha foi expulso. Com um a mais o #Galo impôs o ritmo e o toque de bola e quando o primeiro tempo rumava para um 0x0 em um passe de Ronaldinho Gaúcho que achou Guilherme na área, o atacante com muita frieza deu um belíssimo chute colocando o #Galo em vantagem, tudo que a massa queria. O time voltou pro segundo tempo da mesma forma que terminou o primeiro, em cima do Inter. Com muito toque de bola e aproveitando o espaço que tinha já que jogava com um a mais.

E em um lance do Danilinho, que achou o zagueirão artilheiro Leo Silva na área, este só teve que matar no peito e mandar no angulo, fazendo um golaço pra dar tranquilidade e  carimbar a vitória. Mas o jogo não tinha acabado e em um rápido contra ataque cinco minutos após o gol, o Internacional diminui com o pequeno atacante de 1,69 subindo sozinho no meio das torres gêmea do #Galo. Esse gol serviu pro Inter gostar do jogo e até tentar uma reação, mas com um a menos fica difícil e o time alvinegro logo voltou a tomar as ações do jogo e manter o controle.

2x1 é sempre um placar perigoso e o #Galo passou a atacar e buscar o gol a cada momento. O Cuca mexeu bem no time com a entrada do Felipe Souto que deu mais qualidade ao passe de bola no meio de campo e tirando o Pierre que já estava amarelado, colocou também o Escudeiro que segurou mais a bola no ataque. Foi justamente o argentino que deu número finais ao jogo, em um excelente lançamento de Bernard, que mais uma vez jogou muito bem, Escudeiro dominou na área e fuzilou. Caixa!!!

 #Galo 3x1 e vitória mais do que merecida e liderança consolidada. Que venha o Sport no sábado. Vai pra cima deles #Galo. Bom, então é isso massa alvinegra essa foi a minha colaboração pro JORPS Esportes. Espero que tenham gostado.

==============================

VENCER MAS NÃO CONVENCER - Por Samuel Fagundes

E finalmente o Cruzeiro voltou a vencer! Ok, foi contra a Portuguesa, que foi rebaixada para 2ª divisão do campeonato paulista e que corre serio risco de  seguir o mesmo rumo no campeonato brasileiro, mas ainda sim são três pontos. Eu gostaria de estar aqui, falando sobre uma belíssima apresentação do time, de uma vitoria indiscutível, mas não é o caso. O time fez um primeiro tempo horrível, parecia que os jogadores estavam com sono, mesmo com o barulho da torcida, que estava presente em bom numero. O estreante Ceará se mostrou bem em campo, porem seus cruzamentos não renderam nenhuma jogada mais perigosa. Acredito que com o preparo fisco em dia e entrosamento será um bom reforço para o Cruzeiro.

RAÇA
Mesmo com o time apático em campo, sempre podemos contar com vontade de Montillo, que completou 100 jogos pelo Cruzeiro e mesmo com forte marcação e principalmente sem outro jogador de criação para ajudá-lo, conseguiu em alguns momentos fazer boas jogadas que acabaram infelizmente desperdiçadas pelos atacantes. Em contra partida, Tinga não faz nada que dê resultado, só consigo percebê-lo em campo quando erra. O primeiro tempo foi tão monótono, que Dida em determinado momento, lançou a bola no gramado e a conduziu até fora da grande área onde depois fez o passe. Onde estava a pressão dos atacantes? Se alguém souber me avise.

2º TEMPO
O jogo reinicia e a Portuguesa teve uma chance desperdiçada, pouco depois Tinga pode ser notado em campo novamente, após errar e ceder o ataque para a Lusa que foi interceptado e gerou um contra ataque celeste onde Borges chutou mas Dida fez uma grande defesa. Montillo continua esbanjando raça, mas claramente sente a falta de alguém para dividir a função de armador, sendo que temos Wiliam Magrão, que só erra dentro de campo e não consegue acertar um passe de curta distancia.

BASE EM CAMPO
Finalmente Celso Roth resolveu colocar um jogador da base no time, ele substitui o Tinga, que nada fez desde que chegou ao time por Lucas, que em minha modesta opinião, jogou mais que Magrão e Tinga juntos desde que chegaram no Cruzeiro. Por sinal, os dois gols do time saíram de jogadas que Lucas iniciou e outros gols poderiam ter saído se Wellington Paulista tivesse tocado a bola para Borges em alguns lances. Por mim, o Lucas não saia mais do time e Tinga e Magrão não voltavam.

PRECISA MELHORAR
Que essa vitória não mascare os defeitos do Cruzeiro, até porque o time não fez um bom primeiro tempo e mesmo jogando melhor no segundo tempo só foi render maios após o 1º gol, que foi de pênalti em que o zagueiro da Portuguesa foi expulso. Ganhar de time fraco e ainda com um jogador a mais é fácil, o que a torcida quer ver é o time jogando bem o tempo inteiro contra times de ponta. Então espero que o time trabalhe para corrigir suas deficiências e que consigamos a vitoria em cima do Flamengo na próxima rodada  e assim voltamos a briga pelo topo da tabela. 

Nenhum comentário:

Postagens populares