TRANSLATE JORPS TO YOUR LANGUAGE

terça-feira, 14 de agosto de 2012

JORPS ESPORTES - 16ª EDIÇÃO



A 16ª edição do Jorps Esportes conta apenas com o texto sobre o Cruzeiro, escrito por Bruno Albernaz. Eurico esta viajando e não consegui contato a tempo com Robson, e por estes motivos excepcionalmente  não teremos o texto sobre o Atlético (MG).


CRUZEIRO X BAHIA - Por Bruno Albernaz

O cruzeiro que vimos em campo contra o Bahia neste sábado não é o ideal, mas já é alguma coisa a mais do que o time que perdeu para o Santos. O que mais vale destacar é a vontade de ganhar, que já havia sumido do semblante dos jogadores há pelo menos 4 partidas. Um time às vezes pode vencer sem a vontade de ganhar e até pode perder, mas que perca demonstrando essa vontade. Essa vontade de vencer a partida é o que parece estar de volta ao time do cruzeiro a partir do jogo contra o Bahia.

GOL IMPORTANTE
Montillo, que há muito vinha jogando isolado (e ainda continua um pouco), fez um gol importantíssimo no começo do jogo. O gol no começo desestabilizou o Bahia. O time de salvador não vem fazendo uma boa campanha esse ano, apesar dos investimentos. O torcedor, que praticamente não compareceu, começou a ficar nervoso com o time logo após o gol sofrido. Um gol no começo tira a estabilidade de qualquer time (que o diga a seleção olímpica brasileira).

Borges ainda perdeu um gol feito no primeiro tempo (pra variar). Mas o Cruzeiro conseguiu segurar bem até o final da primeira etapa. No segundo tempo, o Bahia voltou mais ofensivo. O time ficou mais perigoso depois da entra de Lulinha (olha por onde ele anda). O cruzeiro se defendeu como pôde, acho até que recuou bastante. Mas o que importa são os três pontos e o reencontro com a vitória depois de duas partidas.

Freguês
Nada melhor que um velho freguês para nos dar de volta o caminho da vitória. O cruzeiro não perde pro Bahia há 18 anos. E de 36 jogos, 22 vitórias são nossas. O “Bora Bahia” continua no Z4 e nós vamos lá, rumo ao G4. O cruzeiro ainda não é o que desejamos, mas tem potencial pra isso, só falta a vontade de ganhar que falei no início.
Próximo jogo é o Fluminense. Jogo de 6 pontos. É onde vamos saber se o Cruzeiro mudou mesmo ou não. Mas vamos pra cima. “Bora Cruzeiro!”



Nenhum comentário:

Postagens populares